Teorias de mercado e regulação: por que os mercados e o governo falham?

Autores

  • Dimária Silva e Meirelles

Resumo

Via de regra, a regulamentação, inspirada na teoria econômica neoclássica, é uma resposta às falhas de mercado, que consistem em discrepâncias em relação ao ideal de um mercado competitivo, principalmente, nos setores de bens públicos. É curioso notar que a regulamentação também está sujeita a falhas, denominadas falhas de governo. Afinal, por que o mercado e o governo falham? A resposta a essa questão envolve uma discussão conceitual profunda sobre mercado e competição. O objetivo deste artigo é apresentar o debate teórico em torno das abordagens de mercado, principalmente, no campo heterodoxo, em que se incluem a visão da economia evolucionária, a da escola austríaca e a da sociologia econômica moderna. A conclusão é que a teoria neoclássica, comparativamente a essas visões, apresenta uma perspectiva limitada do processo de competição.

Publicado

01-01-2010

Como Citar

Meirelles, D. S. e. (2010). Teorias de mercado e regulação: por que os mercados e o governo falham?. Cadernos EBAPE.BR, 8(4), 644 a 660. Recuperado de http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/5179

Edição

Seção

Artigos