Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

A experiência de sucessão para herdeiras de empresas familiares do Rio de Janeiro

Roberta Magalhães da Cruz Machado, Ursula Wetzel, Mônica Esteves Rodrigues

Resumo


Este artigo uniu dois temas de importância significativa - sucessão familiar e gênero - para a economia brasileira em uma única pesquisa, visando trazer uma contribuição tanto prática quanto acadêmica. Por um lado, esperamos que o maior entendimento por parte das mulheres herdeiras das suas especificidades no processo de sucessão venha a ajudá-las a vivenciá-lo com um menor número de conflitos. Por outro, esperamos contribuir para o enriquecimento da literatura brasileira sobre questões de gênero na sucessão dessas empresas familiares, tema ainda muito pouco explorado em nível mundial e que vem sendo apontado por teóricos como uma linha de pesquisa que precisa ser mais aprofundada, à medida que casos de sucessão feminina se tornam mais comuns. O objetivo da pesquisa foi verificar no ambiente brasileiro como ocorria a preparação para a tomada de poder por essas mulheres, como elas sentiam a criação de sua identidade como potenciais sucessoras e como percebiam as principais questões abordadas pela literatura mundial sobre o tema. Por meio de dados qualitativos, obtidos em entrevistas em profundidade com sete herdeiras de empresas de setores diversos, localizadas na cidade do Rio de Janeiro, foi possível levantar importantes questões ligadas ao estágio inicial da sucessão pela mulher nos negócios familiares. Resultados indicaram a falta de um planejamento antecipado de ingresso na empresa, dificuldade e demora na criação de identidade, angústia pela ausência de perfil empreendedor, perda nas redes sociais de contato, excesso de proteção pelo pai e saudável equilíbrio vida/trabalho.

Texto completo:

PDF


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br