Atração e permanência de pessoas em instituições religiosas católicas: o peso dos contornos institucionais

Autores

  • Rosangela Cenci Mestrado Profissional em Administração da UNOESC; Associação Maria Bernarda.
  • Eliane Salete Filippim UNOESC, Mestrado Profissional em Administração.

Palavras-chave:

Instituições Religiosas, Atratividade, Teoria Institucional

Resumo

As organizações são desafiadas ao processo de adaptação e atualização constante de suas estruturas e de seus contornos institucionais para que possam cumprir sua finalidade institucional. Em um contexto de pressão e esvaziamento de membros, este estudo buscou compreender o que pode motivar ou desmotivar a atração, permanência ou desistência de membros em instituições de caráter religioso, especialmente aquelas ligadas à Igreja Católica. Norteado por elementos da teoria institucional, o estudo teve como objetivo central analisar a relação entre a configuração institucional das instituições religiosas (IR) e o ingresso, permanência e/ou desistência de seus membros. A estratégia de pesquisa adotada foi o estudo qualitativo, com foco nas IR católicas, pesquisa documental e egressos (desistentes nos últimos 10 anos). Os dados foram coletados por meio de estudo de documentos, questionários e entrevistas e grupo focal. Ao analisar a relação entre a confi­guração institucional das IR e o ingresso e permanência de seus membros, constatou-se que os sistemas de regras, normas, princípios regu­latórios, crenças, ritos, universo simbólico e ideias têm influência direta em fatores de atratividade e geram satisfação ou insatisfação dos membros, dependendo do grau de institucionalização e da capacidade de agência dos atores. São os roteiros institucionais que revelam as preferências fundamentais dos indivíduos a partir dos cenários, contornos e processos históricos. O estudo aponta, ainda, uma tensão entre as percepções do indivíduo e da instituição.

Biografias Autor

Rosangela Cenci, Mestrado Profissional em Administração da UNOESC; Associação Maria Bernarda.

Mestre em Administração. Coordenadora do Processo Seletivo da Associação Maria Bernarda.

Eliane Salete Filippim, UNOESC, Mestrado Profissional em Administração.

Pós-doutora em Administração Pública e Governo (FGV/EAESP/SP), pesquisadora do Mestrado Profissional em Administração da Unoesc, Editora da Revista Race (Qualis B2).

Publicado

24-03-2017

Como Citar

Cenci, R., & Filippim, E. S. (2017). Atração e permanência de pessoas em instituições religiosas católicas: o peso dos contornos institucionais. Cadernos EBAPE.BR, 15(1), 152-168. Recuperado de http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/cadernosebape/article/view/49075

Edição

Seção

Artigos