Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

A influência de Maurício Tragtenberg na obra da primeira geração de pesquisadores nos Estudos Organizacionais críticos brasileiros

André Luis Marra do Amorim, Camila Brüning

Resumo


Influenciar um campo acadêmico não é um papel desempenhado por muitos pesquisadores. No caso dos Estudos Organizacionais brasileiros, esse papel foi desempenhado por poucos. Maurício Tragtenberg é reconhecido como precursor dos Estudos Organizacionais críticos brasileiros, sua influência pode ser percebida em diversas temáticas de pesquisa. Nesse sentido, este artigo analisa a influência das categorias temáticas de Tragtenberg na produção acadêmica da chamada primeira geração de autores críticos em Estudos Organizacionais no Brasil, quais sejam, Fernando Prestes Motta, José Henrique de Faria e Fernando Coutinho Garcia, que foram citados pelo próprio Tragtenberg como o grupo que recebeu diretamente sua influência. Para tanto, foi analisado o levantamento das produções acadêmicas desses autores. A pesquisa demonstrou que as categorias tragtenbergianas estão presentes nas obras dos três pesquisadores abordados e que eles foram historicamente contemporâneos em sua produção acadêmica, constituindo um grupo coeso, que pode ser indicado como a primeira geração de pesquisadores em Estudos Organizacionais críticos brasileiros.

Texto completo:

PDF


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br