Logomarca da FGV

Repositório FGV de Periódicos e Revistas

A análise da racionalidade nas organizações – um balanço do desenvolvimento de um campo de estudos no Brasil

Maurício Serva, Déris Caitano, Laís Santos, Gabriel Siqueira

Resumo


Este artigo tem como objetivo apresentar o campo de estudos da racionalidade substantiva nas organizações, impulsionado com a publicação do trabalho de Serva (1997a; 1997b), quando o pesquisador operacionalizou as propostas de Guerreiro Ramos (1981) em um quadro de análise e verificou empiricamente a existência da razão substantiva na prática administrativa. Através da revisão bibliográfica de trinta e oito trabalhos científicos que adotaram o modelo de Serva, buscou-se demonstrar que as pesquisas sobre a racionalidade nas organizações estão em franca expansão, evidenciando o desenvolvimento desse campo de estudos no Brasil. Os trabalhos, classificados em primeira e segunda geração, foram analisados em sua forma integral. Suas principais limitações e contribuições foram sistematicamente aprofundadas. A análise desses resultados possibilitou validar a contribuição do modelo para campo dos estudos organizacionais, reforçando essa linha de pesquisa e apresentando novas possibilidades de pesquisas a partir do pensamento de Guerreiro Ramos.


Texto completo:

PDF


Apoio
        
Rua Jornalista Orlando Dantas, 30 - sala 107, Botafogo - Rio de Janeiro - RJ/Brasil  CEP: 22231-010 | Telefone: +55 (21) 3083-2731 | E-mai: cadernosebape@fgv.br