Show simple item record

dc.contributor.advisorFontes Filho, Joaquim Rubens
dc.contributor.authorSilva, Osvaldo
dc.contributor.otherFontes Filho, Joaquim Rubens
dc.contributor.otherOliveira, Fátima Bayma de
dc.contributor.otherNascimento, Rejane Prevot
dc.date.accessioned2012-07-11T13:04:22Z
dc.date.available2012-07-11T13:04:22Z
dc.date.issued2012-06-15
dc.identifier.citationSILVA, Osvaldo. Redes nas organizações públicas: o problema de controle. Dissertação (Mestrado em Administração) - Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas, Fundação Getúlio Vargas - FGV, Rio de Janeiro, 2012.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/9884
dc.description.abstractThe present study, an exploratory and descriptive, objective review and analyze how public organizations to act adopting the network model equate the problem of controI. To accomplish this survey was conducted from the theoretical framework in order to identify a profile of bureaucratic public administration and the changes brought about by the adoption of strategies proposed by public management in order to collate their premises and the proposed model interorganizational network, which is assumed to organizations to integrate and interact with a view to achieving common objectives and interests and / or complementary. From the identification of differential network modei, the example of the flexibiiity, collaboration, complementarity and trust, the focus of the analysis focused on the characteristics, advantages and disadvantages that this modei brings focusing, in particular, forms and instruments controI. While the emphasis in the bureaucratic modei of controI occurs through the processes and rational-Iegal system, the network action is difficult to establish mechanisms of control and monitoring, these problems materialized preciseIy by the autonomous character of the participating organizations and the absence of formai hierarchy between the actors involved. The study investigated the operation of social defense of the State of Bahia aimed at reducing crime and vioience in that state. From the analysis of the case showed that to minimize the difficulties of the network model and the control and accountability, is one of the solutions in the construction of goals and objectives as agreed, monitored from a shared management of a core formed by representatives of each of the organizations involved, in order to resolve problems promptly and align the search for goals.eng
dc.description.abstractO presente estudo, de natureza exploratória e descritiva, objetiva verificar e analisar de que forma as organizações públicas ao atuar adotando o modelo em rede equacionam o problema do controle. Para alcançar tal objetivo foi realizado levantamento a partir do referencial teórico com a finalidade de identificar um perfil da administração pública burocrática e as mudanças trazidas com a adoção de estratégias propostas pela administração pública gerencial, de forma a cotejar suas premissas e propostas com o modelo em rede interorganizacional, no qual se pressupõe que as organizações se integrem e interajam com vistas à consecução de objetivos e interesses comuns e/ou complementares. A partir da identificação dos diferenciais do modelo em rede, a exemplo da flexibilidade, colaboração, complementaridade e confiança, o foco da análise se concentrou nas características, vantagens e desvantagens que este modelo traz enfocando, de modo especial, as formas e os instrumentos de controle. Enquanto no modelo burocrático a ênfase do controle se dá nos processos e através do sistema racional-legal, a atuação em rede encontra dificuldades para estabelecer mecanismos de controle e monitoramento, problemas esses materializados justamente pelo caráter autônomo das organizações participantes e a ausência de hierarquia formal entre os atores envolvidos. O estudo investigou o funcionamento do sistema de defesa social do Estado da Bahia voltado para a redução da criminalidade e violência naquele Estado. A partir da análise do caso observou-se que para minimizar as dificuldades do modelo em rede quanto ao controle e responsabilização, uma das soluções indicadas é a construção de objetivos e metas de forma pactuada, monitorados de forma compartilhada por um núcleo de gestão formado por representantes de cada uma das organizações envolvidas, de modo a resolver tempestivamente problemas e alinhar a busca pelos objetivos.por
dc.language.isopor
dc.subjectBurocraciapor
dc.subjectGovernançapor
dc.subjectAccountabilityeng
dc.subjectRedespor
dc.subjectControlepor
dc.subjectPublic administrationeng
dc.subjectBureaucracyeng
dc.subjectGovernanceeng
dc.subjectNetwork controleng
dc.subjectAdministração públicapor
dc.titleRedes nas organizações públicas: o problema de controlepor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataAdministração públicapor
dc.subject.bibliodataControle administrativopor
dc.subject.bibliodataGovernança corporativapor
dc.subject.bibliodataBurocraciapor
dc.subject.bibliodataRelações interorganizacionaispor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record