Show simple item record

dc.contributor.advisorGrynszpan, Mario
dc.contributor.authorPortilho, Aline dos Santos
dc.contributor.otherHeymann, Luciana Quillet
dc.contributor.otherAraújo, Maria Paula Nascimento
dc.contributor.otherPaula, Christiane Jalles de
dc.date.accessioned2010-10-06T18:09:00Z
dc.date.available2010-10-06T18:09:00Z
dc.date.issued2010-09-21
dc.identifier.citationPORTILHO, Aline dos Santos. Praia do Flamengo, 132: memória, reparação e patrimonialização da União Nacional dos Estudantes. Dissertação (Mestrado em História, Política e Bens Culturais) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2010.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/7685
dc.description.abstractThis work aims to analyze the process of 'patrimonializacao da Uniao Nacional dos Estudantes' promoted in the articulation of memory and amends, summon elements of the institution past, especially events occurred in the old building where toke place their headquarter, in the present knew as 'UNE land', at Praia do Flamengo, 132. Its objective is understand how the militants, in the general frame of their search to revert a lack of institutional political capital, promote the reconversion of UNE symbolic capital, more ample, in political capital, more specific, powerfully the institution in the political arena again. Decurrently of that, I identified a process named patrimonialização da UNE, that is, an action to make the UNE recognized as part of the Brazilian heritage rhetorical. I search to adopt both, a diachronic and sinchronic method. At the first time, was necessary to contemplate the student institution actions were toke place in the UNE building throughout the time to later investigate the ways how this past acts were recouped and used in the present political arena. Firstly the legal acts evolving the building - land were analyzed towards to reconstruct one history to the UNE action in that place. Leave of it, I searched understand the usage of this past by the present agents promoted by the realization of cultural projects and in the process of elaboration and institution of the Law 12.260/2010, which recognize the State responsibility to the acts occurred in the Praia do Flamengo building during the military regime indemnify institution as amend. So, is in the joint of the both camps, the politic and the culture that developed the process which in this work I searched to investigate.eng
dc.description.abstractO presente trabalho visa analisar o processo de patrimonialização da União Nacional dos Estudantes, promovido na articulação de memória e reparação, mobilizando elementos do passado da instituição, especialmente os eventos ocorridos no antigo prédio de sua sede, no presente momento conhecido como 'terreno da UNE', na Praia do Flamengo, 132. Tem como objetivo entender como os militantes, no quadro geral de busca por reverter um processo de esvaziamento de capital político da instituição, promovem a reconversão de seu capital simbólico, mais amplo, em capital político, mais específico, potencializando-a novamente no campo político. Decorrente disso se identifica um processo a que foi nomeado patrimonialização da UNE, ou seja, a ação de reconhecê-la como elemento pertencente à retórica do patrimônio cultural brasileiro. Buscou-se adotar uma abordagem diacrônica e sincrônica. No primeiro momento, foi preciso dar conta das ações da entidade estudantil, que tiveram lugar no 'prédio da UNE', ao longo do tempo para, posteriormente, perscrutar as maneiras como estes atos do passado foram recuperados e instrumentalizados no jogo político do presente. Foram analisados, primeiramente, os atos legais que envolveram o prédio/terreno, a fim de reconstruir uma história para a atuação da UNE naquele espaço. A partir desta se procurou entender os usos deste passado pelos agentes do presente, promovidos por meio da realização de projetos culturais e do processo de elaboração e instituição da Lei 12.260/2010, que reconhece a responsabilidade do Estado pelos atos ocorridos no prédio da Praia do Flamengo durante o regime militar e indeniza a instituição como forma de reparação. Assim, é na imbricação dos campos da política e da cultura que se desenvolve o processo que neste trabalho se procurou investigar.por
dc.language.isopor
dc.subjectUNEpor
dc.subjectMemóriapor
dc.subjectUsos do passadopor
dc.subjectPolíticapor
dc.subjectProdução culturalpor
dc.subjectMemoryeng
dc.subjectUsages of the pasteng
dc.subjectPoliticseng
dc.subjectCultural productionpor
dc.titlePraia do Flamengo, 132: memória, reparação e patrimonialização da União Nacional dos Estudantespor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaHistóriapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::CPDOCpor
dc.subject.bibliodataPatrimônio cultural - Proteção - Estudo de casospor
dc.subject.bibliodataUnião Nacional dos Estudantes (Brasil)por
dc.subject.bibliodataMovimentos estudantis - Rio de Janeiro (RJ)por


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record