Show simple item record

dc.contributor.advisorLoureiro, Maria Rita Garcia
dc.contributor.authorAccorsi, Antonio Carlos
dc.date.accessioned2010-04-20T20:17:24Z
dc.date.available2010-04-20T20:17:24Z
dc.date.issued1996-04-03
dc.identifier.citationACCORSI, Antonio Carlos. Estado e grupos econômicos: a política de expansão rodoviária no Brasil a partir de 1930. Dissertação (Mestrado em Administração Pública e Governo) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 1996.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/5295
dc.description.abstractA presente dissertação se propõe analisar as relações desenvolvidas entre o Estado brasileiro e as grandes empreiteiras de obras públicas ao longo do período histórico que coincide com a formatação e consolidação de um determinado modelo de desenvolvimento, a que se tem denominado de nacional-desenvolvimentista, e cuja origem remonta à década de 3D, período este marcado por profundas mudanças na ação do Estado no sentido de sua maior intervenção no domínio da economia.por
dc.language.isopor
dc.subjectAdministração e planejamento urbanopor
dc.titleEstado e grupos econômicos: a política de expansão rodoviária no Brasil a partir de 1930por
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração públicapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataSetor privado - Brasil - Relações com o governopor
dc.subject.bibliodataEmpreiteiros - Relações com o governopor
dc.subject.bibliodataIndústria da construção rodoviária - História - Brasilpor
dc.subject.bibliodataRodovias - Construção - Política governamental - Brasil - 1930-1996por
dc.subject.bibliodataBrasil - Obras públicas - Política governamental - 1930-1996por


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record