Show simple item record

dc.contributor.advisorSantos, Edilene Santana
dc.contributor.authorRodrigues, Leticia Lara
dc.date.accessioned2021-01-07T22:21:29Z
dc.date.available2021-01-07T22:21:29Z
dc.date.issued2020-11
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/29988
dc.description.abstractOs debates em torno do papel da mulher na sociedade contemporânea já existem há décadas e mostram uma realidade que impacta diretamente na economia do país e do mundo. No entanto, a presença de mulheres em conselhos de administração e diretorias executivas ainda é insipiente no Brasil, situando-se entre as menores do mundo. Nesse contexto, este trabalho busca trazer novas evidências sobre a associação entre a diversidade de gênero nos conselhos de administração das empresas brasileiras listadas na B3 e os resultados financeiros e a transparência dessas empresas no período de 2010 a 2019. Os resultados indicaram haver uma associação positiva significativa e forte entre o percentual de mulheres no conselho e o Q de Tobin, mas não foi identificada associação com o ROA ou o ROE. Também foi encontrado que a associação com a diversidade de gênero é mais forte e significante quando o rating de qualidade da governança corporativa da Eikon Refinitiv é utilizado como variável de controle do que quando a governança é medida pela dummy de listagem em segmentos diferenciados da B3. Em relação à transparência, não foi identificada associação significativa entre a diversidade de gênero nos conselhos e o nível de disclosure das empresas, medido pelo Environmental, Social and Governance (ESG) disclosure da Bloomberg. Embora essa associação não possa ser confundida com relação de causa e efeito, este estudo pretende ter contribuído com a discussão sobre os efeitos do uso de um rating de governança versus a listagem em segmentos diferenciados da B3 em estudos sobre associação entre diversidade de gênero e resultados financeiros. Além disso, este estudo pretende ser um dos primeiros a trazer evidências sobre a associação entre a diversidade de gênero no conselho de administração e o ESG disclosure das empresas brasileiras.por
dc.description.abstractSocial debates around the role of women in contemporary society have existed for decades and show a reality that directly impacts the economy of countries and the world. However, the presence of women on the board of directors and executive is still incipient in Brazil, standing as one of the lowest in the world. In this context, this work seeks to bring new evidence on gender diversity on the board of directors of Brazilian companies listed on B3 and the financial results and transparency of these companies from 2010 to 2019. The results indicated that there was a significant and strong positive association between the percentage of women on the board and Tobin's Q, but no association with ROA or ROE was identified. It was also found that the association with gender diversity is stronger and more significant when Eikon Refinitiv's corporate governance quality rating is used as a control variable than when governance is measured by the listing dummy in differentiated segments of B3. When talking about transparency, no significant association was identified between gender diversity on boards and the level of disclosure of companies, measured by Bloomberg's Environmental, Social and Governance (ESG) disclosure. Even Though this association cannot be mistaken as cause and effect, this study aims to contribute onto the discussion about the effects of using a governance rating versus listing in different segments of B3 in studies on the association between gender diversity and financial results. In addition, this study aims to be one of the first to provide evidence on the association between gender diversity on the board of directors and the ESG disclosure of Brazilian companies.eng
dc.language.isopor
dc.subjectDiversidade de gêneropor
dc.subjectDesempenho financeiropor
dc.subjectConselhos de administraçãopor
dc.subjectESGpor
dc.subjectTransparênciapor
dc.subjectGender diversityeng
dc.subjectFinancial performanceeng
dc.subjectRiskeng
dc.subjectTransparencyeng
dc.subjectBoards of directorseng
dc.titleDiversidade de gênero no conselho e sua relação com resultados financeiros e transparênciapor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.subject.areaFinançaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataDiversidade no ambiente de trabalhopor
dc.subject.bibliodataRelações de gêneropor
dc.subject.bibliodataConselhos de administradorespor
dc.subject.bibliodataEmpresas - Finançaspor
dc.subject.bibliodataGovernança corporativapor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.contributor.memberSchiozer, Rafael Felipe
dc.contributor.memberMadalozzo, Regina Carla


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record