Show simple item record

dc.contributor.advisorFajardo, Bernardo de Abreu Guelber
dc.contributor.authorAlves, Celirene Severino Neiva
dc.date.accessioned2020-11-12T13:43:03Z
dc.date.available2020-11-12T13:43:03Z
dc.date.issued2020-10-02
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/29828
dc.description.abstractObjetivo - Este estudo pretende identificar em que medida o sistema Risk Manager, principal instrumento de gestão de riscos utilizado no controle sanitário da infraestrutura de aeroportos brasileiros, contribui com o processo de gestão dos riscos sanitários. Metodologia – O estudo compreendeu o levantamento bibliográfico de dados acerca da implementação e uso do Sistema de Gestão de Riscos – Risk Manager e a realização de entrevistas com servidores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária envolvidos na gestão de riscos sanitários em aeroportos. Resultados – Foi demonstrado que o sistema tem sido subtilizado em virtude da ausência de atualização, de funcionalidades específicas e de capacitação dos usuários. Limitações – O estudo limitou-se a avaliar a contribuição do sistema para a gestão de riscos sanitários em aeroportos. Pesquisas futuras podem avaliar essa contribuição em portos, postos de fronteiras e recintos alfandegados. Contribuições práticas – A partir desses resultados, a instituição pode investir na minimização das dificuldades apontadas. Contribuições sociais – Ao identificar focos de intervenção, a instituição pode aumentar a eficiência da gestão de riscos sanitários nos aeroportos. Originalidade – Pelo nosso conhecimento, este é o primeiro estudo sobre a utilização do sistema de gestão de riscos sanitários em aeroportos.por
dc.description.abstracturpose – The purpose is to identify the extent to which the Risk Manager system, the main risk management instrument used in the sanitary control of Brazilian airport infrastructure, contributes to the health risk management process. Design/Methodology - The study comprised a bibliographic survey of data about the implementation and use of the Risk Management System – Risk Manager and the performance of interviews with employees of Brazilian Health Surveilance Agency involved in the management of health risks at airports. Findings – It was demonstrated that the system has been underutilized due to the lack of updates, specific functionalities and user training. Reasearch limitations - The study was limited to assessing the contribution in ports, border posts and bonded areas. Practical implications – Based on these results, the institution can invest in minimizing the difficulties identified. Social implications – By identifying areas of intervention, the institution can increase the efficiency of health risk management system at airports. Originality – To our knowledge, this is the first study on the use of the health risk management system at airports.eng
dc.language.isopor
dc.subjectGestão de Riscos Sanitáriospor
dc.subjectAeroportospor
dc.subjectANVISApor
dc.subjectHealth risk managementeng
dc.subjectAirportseng
dc.titleOs desafios da gestão de riscos no exercício do controle sanitário da infraestrutura aeroportuáriapor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaSaúde
dc.subject.areaAdministração pública
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataAeroportos – Saúde pública - Administração de risco - Brasilpor
dc.subject.bibliodataSaúde pública – Administração de risco – Brasilpor
dc.subject.bibliodataAgência Nacional de Vigilância Sanitária (Brasil)por
dc.degree.date2020-10-02
dc.contributor.memberMedeiros, Amanda Cristina
dc.contributor.memberPaschoalotto, Marco Antonio Catussi


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record