Show simple item record

dc.contributor.authorPereira, Thomaz
dc.contributor.authorArguelhes, Diego Werneck
dc.contributor.authorAlmeida, Guilherme da Franca Couto Fernandes de
dc.date.accessioned2020-09-18T21:19:04Z
dc.date.available2020-09-18T21:19:04Z
dc.date.issued2020-09
dc.identifier.isbn978-65-86060-05-8
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/29679
dc.descriptionNo Brasil, tornou-se central saber quem decide em nome do Supremo Tribunal Federal. Entretanto, a distinção entre decisões coletivas e decisões individuais não capta as múltiplas maneiras pelas quais os ministros se organizam para lidar com um grande volume de casos – por exemplo, no Plenário Virtual e nas decisões “em lista”. Neste relatório, utilizamos uma tipologia ampliada de decisões para compreender diferentes tipos de participação dos ministros na dinâmica decisória da instituição.por
dc.language.isopor
dc.relation.ispartofseriesRelatório Supremo em Números;8
dc.subjectSupremo Tribunal Federalpor
dc.subjectPoder judiciáriopor
dc.subjectJuízespor
dc.subjectDecisõespor
dc.titleVIII Relatório Supremo em Números: Quem decide no Supremo? : tipos de decisão colegiada no tribunalpor
dc.typeBookeng
dc.subject.areaDireitopor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::DIREITO RIOpor
dc.subject.bibliodataBrasil. Supremo Tribunal Federalpor
dc.subject.bibliodataPoder judiciário - Brasilpor
dc.subject.bibliodataJuízes - Decisõespor
dc.subject.bibliodataProcesso decisóriopor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record