Show simple item record

dc.contributor.advisorRochman, Ricardo Ratner
dc.contributor.advisorCosta Filho, João Ricardo Mendes Gonçalves
dc.contributor.authorBenedeti, Juliana Dei Santi
dc.date.accessioned2020-02-18T13:49:25Z
dc.date.available2020-02-18T13:49:25Z
dc.date.issued2020-01-28
dc.identifier.urihttps://hdl.handle.net/10438/28813
dc.description.abstractUm modelo de fatores dinâmicos generalizados foi aplicado ao caso brasileiro com o objetivo de estudar o mecanismo de transmissão da política monetária no país. Este tipo de abordagem tem como importante contribuição a capacidade de encontrar funções impulso resposta a um choque na taxa de juros em relação a todas as variáveis incluídas no modelo, o que permite o estudo de um amplo conjunto de canais de transmissão de política monetária. Os resultados obtidos confirmam a teoria macroeconômica de que um choque contracionista de política monetária reduz o nível de atividade econômica. Contudo, contrariando o livro texto, o modelo revelou que este choque produz uma depreciação imediata da taxa de câmbio em termos reais, o que, por se tratar de um modelo dinâmico, pressiona os níveis de preços, atrasando a resposta da inflação ao aumento da taxa de juros. Também foram encontradas evidências de que o mercado de trabalho se ajusta imediatamente ao choque contracionista de juros. Por fim, destaca-se a resposta obtida para os indicadores fiscais, com concomitante redução de receitas e de gastos como resposta ao choque, corroborando a avaliação de que os efeitos da política monetária estão entrelaçados com a política fiscal.por
dc.description.abstractA generalized dynamic factor model was applied to the Brazilian case in order to study the monetary policy transmission mechanism. This approach has the ability to find impulse response functions to an interest rate shock against all variables included in the model, which allows the study of a broad set of monetary policy transmission channels. The results confirm the macroeconomic theory that a contractionary monetary policy shock reduces the level of economic activity. However, contrary to mainstream theory, the model revealed that this shock produces an immediate depreciation of the exchange rate in real terms, which, given its dynamic approach, pressures price levels, delaying the inflation response to the interest rate increase. Evidence was also found that the labor market immediately adjusts to the contractionary interest rate shock. Finally, we highlight the response obtained regarding fiscal indicators, with a concomitant reduction of revenue and expenses in response to the shock, supporting the assessment that the effects of monetary policy are intertwined with fiscal policy.eng
dc.language.isopor
dc.subjectPolítica monetáriapor
dc.subjectTaxa de jurospor
dc.subjectModelo de fatores dinâmicospor
dc.subjectMonetary policyeng
dc.subjectInterest rateeng
dc.subjectDynamic factor modeleng
dc.titleA transmissão da política monetária no Brasilpor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaEconomiapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.subject.bibliodataPolítica monetária - Brasilpor
dc.subject.bibliodataTaxas de jurospor
dc.subject.bibliodataModelos econométricospor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.contributor.memberMuinhos, Marcelo Kfoury


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record