Show simple item record

dc.contributor.advisorVasconcellos, Luís Henrique Rigato
dc.contributor.authorSantos, Marcos Souza dos
dc.contributor.otherBiazzin, Cristiane
dc.contributor.otherDuarte, André Luís de Castro Moura
dc.date.accessioned2018-12-06T11:58:09Z
dc.date.available2018-12-06T11:58:09Z
dc.date.issued2018-11-21
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/25745
dc.description.abstractEste trabalho aplicado utiliza as práticas do Lean Manufacturing como uma estratégia de operações competitiva, e tem como objetivo avaliar os fatores que influenciam os diferentes níveis de desempenho operacional de três mini-fábricas que compõem uma indústria do segmento de autopeças no período de 2015 a 2017. Esta diferença de desempenhos operacionais, que é mensurado pelo KPI OEE (Eficácia Global do Equipamento), acaba impactando na competitividade da organização por ocasionar perdas financeiras em função do não atendimento ao cliente final. Neste período, as três mini-fábricas juntas geraram 3.580 horas de espera de equipamento (tempo de inatividade), não entregaram ao cliente final 3.939.478 filtros e acumularam uma perda financeira estimada em torno de R$5.789.764,00. O modelo desenvolvido por meio da revisão bibliográfica para este estudo de caso utilizou o método qualitativo como forma de pesquisa, por intermédio de entrevistas com seis Coordenadores de Produção responsáveis pela operação das três mini-fábricas. Os resultados apontaram que o principal fator que influencia na diferença de seu desempenho operacional é a intensidade de utilização das práticas do Lean Manufacturing. O modelo identifica que a mini-fábrica que utiliza com mais intensidade as práticas do Lean Manufacturing apresenta: desempenho superior do OEE (Eficácia Global do Equipamento), redução do tempo de inatividade, redução da quantidade de produtos não entregues ao cliente e redução da estimativa das perdas financeiras. O trabalho aplicado propõe a elaboração de um plano de ação para alavancar a utilização das práticas do Lean Manufacturing na organização, para melhorar o desempenho operacional das mini-fábricas e a competitividade da empresa. Também sugere a Gestão Industrial a padronização da estratégia de operações utilizada em toda a organização.por
dc.description.abstractThis applied work uses Lean Manufacturing practices as a competitive operations strategy and aims to evaluate the factors that influence the different levels of operational performance of 3 minifactories that make up an auto parts industry in the period from 2015 to 2017. This difference in operational performance, which is measured by the KPI OEE (Overall Equipment Effectiveness), ends up impacting the organization's competitiveness by causing financial losses due to nonattendance to the final customer. During this period, the 3 mini-factories together generated 3,580 hours of equipment waiting (downtime), did not deliver the final customer to 3,939,478 filters and accumulated an estimated financial loss of around R $ 5,789,764.00. The model developed through the bibliographic review for this case study, used the qualitative method as a research form, through interviews with the 6 Production Coordinators responsible for the operation of the 3 mini-factories. The results showed that the main factor influencing the operational performance difference of the 3 mini-factories is the intensity of use of Lean Manufacturing practices. The model identifies that the mini-factory uses Lean Manufacturing practices more intensively presents: superior performance of the OEE (Overall Equipment Effectiveness), reducing the down time loss of equipment, reducing the quantity of products not delivered to the customer and reducing the estimate of financial losses. The applied work proposes the elaboration of an action plan to leverage the use of Lean Manufacturing pratices in the organization, to improve the operational performance of mini-factories and the competitiveness of the company. Industrial Management also suggests the standardization of the operations strategy used throughout the organization.eng
dc.language.isopor
dc.subjectCompetitividadepor
dc.subjectEstratégia de operaçõespor
dc.subjectLean manufacturing e OEE (Eficácia do equipamento global)por
dc.subjectCompetitivenesseng
dc.subjectOperations strategyeng
dc.subjectLean manufacturing and OEE (Overall equipment effectiveness)eng
dc.titleUm modelo de análise da estratégia de operações: utilizando as práticas da manufatura enxuta: um estudo de casopor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento organizacionalpor
dc.subject.bibliodataPlanejamento estratégicopor
dc.subject.bibliodataProdutividade industrialpor
dc.subject.bibliodataEficiência industrialpor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record