Show simple item record

dc.contributor.advisorSarfati, Gilberto
dc.contributor.authorRocha, Marcelo da
dc.date.accessioned2018-05-30T12:47:36Z
dc.date.available2018-05-30T12:47:36Z
dc.date.issued2018-05-15
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/23981
dc.description.abstractA indústria automobilística parece diante de grandes mudanças e transformações. O setor sempre se caracterizou por ser muito dinâmico e pioneiro no desenvolvimento de novas tecnologias, sejam elas de caráter produtivo ou de produto. O pilar desta indústria foi construído sob o modelo de propriedade particular dos veículos. E o comportamento do consumidor sempre caminhou por este caminho. Porém, o modelo de negócio da indústria, que permanece intocado desde sua concepção parece em vias de sofrer um processo disruptivo. A tendência atual tem se demonstrado substancialmente diferente das passadas. Este cenário começou a mudar mais notadamente a partir da crise econômica de 2008 com o surgimento e popularização de plataformas de compartilhamento de bens, que podem mudar a propriedade veicular em torno do veículo como um serviço. Dado este cenário incerto, mas ao mesmo tempo extraordinário este trabalho propõe focar-se no futuro da indústria de distribuição de veículos no Brasil. O objetivo é explorar e analisar possíveis cenários prospectivos para essa indústria no país em 2040. Em outras palavras, mostrar diferentes possibilidades e características que o setor possa apresentar em alguns anos. Desta forma, este trabalho usará a metodologia de cenários prospectivos, além de entrevistas com profissionais da indústria que possibilitarão o desenvolvimento e a descoberta destes possíveis cenários. Desta forma, apresentamos um histórico sobre o desenvolvimento da indústria automobilística no Brasil e no mundo, a contextualização da indústria de distribuição de veículos, mudanças nas preferências do consumidor que parecem moldar uma quebra de paradigmas no varejo de veículos, a metodologia e o desenvolvimento dos cenários prospectivos. Assim, foram desenvolvidos quatro cenários em torno das forças motrizes desenvolvimento tecnológico e comportamento do consumidor - Democratização da mobilidade, A vez do consumidor, Nade de novo e Onde vamos parar. O trabalho conclui que não há dúvidas de que a evolução da indústria está ocorrendo e a disrupção chegando. Embora não haja certeza em nenhuma previsão futura, é bastante claro que o modelo de concessionária de hoje - baseado principalmente em vender um veículo de cada vez para indivíduos e depois atender a esses carros em suas oficinas - não sairá ileso em um mundo de compartilhamento, veículos eletrificados, conectados e autônomos.por
dc.description.abstractThe auto industry seems to face major changes and transformations. The sector has always been characterized by being very dynamic and pioneering in the development of new technologies, be they related to the production system or product. The pillar of this industry was built under the model of private ownership of vehicles. And consumer behavior has always walked this way. However, the business model of the industry, which remains untouched since its conception, seems to be undergoing a disruptive process. The current trend has been shown to be substantially different from past ones. This scenario began to change most notably from the economic crisis of 2008 with the emergence and popularization of asset sharing platforms, which can shift vehicle ownership around the vehicle as a service. Given this uncertain but at the same time extraordinary scenario this paper proposes to focus on the future of the vehicle distribution industry in Brazil. The objective is to explore and analyze possible prospective scenarios for this industry in the country in 2040. In other words, show different possibilities and characteristics that the industry may present in a few years. In this way, this work will use the methodology of prospective scenarios, in addition to interviews with professionals of the industry that will enable the development and the discovery of these possible scenarios. In this way, we present a history about the development of the automotive industry in Brazil and in the world, the contextualization of vehicles’ distribution industry, changes in consumer preferences that seem to shape a paradigm shift in the retail of vehicles, methodology and development of prospective scenarios. Thus, four scenarios were developed around the driving forces technological development and consumer behavior - Democratization of mobility, Consumer turnaround, Nothing new and Where we will stop. The study concludes that there is no doubt that the evolution of the industry is occurring and the disruption coming. While there is no certainty in any future forecast, it is quite clear that today's dealership model - based primarily on selling one vehicle at a time to individuals and then servicing those cars in their workshops - will not leave unscathed in a world of sharing, electrified, connected and autonomous vehicles.eng
dc.language.isopor
dc.subjectIndústria automobilísticapor
dc.subjectDistribuição de veículospor
dc.subjectCenários prospectivospor
dc.subjectAutomotive industryeng
dc.subjectVehicles’ distributioneng
dc.subjectProspective scenarioseng
dc.titleCenários prospectivos para a competitividade do varejo de veículos no Brasil em 2040por
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaAdministração de empresaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataIndústria automobilísticapor
dc.subject.bibliodataCanais de distribuiçãopor
dc.subject.bibliodataAutomóveis - Comérciopor
dc.rights.accessRightsopenAccesseng
dc.contributor.memberAidar, Marcelo Marinho
dc.contributor.memberMathias, Washington Franco


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record