Show simple item record

dc.contributor.advisorKasznar, Istvan Karoly
dc.contributor.authorCosta, Rickie Viana
dc.date.accessioned2017-01-03T16:53:30Z
dc.date.available2017-01-03T16:53:30Z
dc.date.issued2016-12-02
dc.identifier.citationCOSTA, Rickie Viana. Project finance no Brasil: um estudo de caso dos processos e mecanismos que tornaram viável o financiamento de dois portos privados em um banco brasileiro. Dissertação (Mestrado em Gestão Empresarial) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2016.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/17714
dc.description.abstractExiste no Brasil uma dificuldade para se conseguir financiamento para um projeto de infraestrutura junto a bancos comerciais. Essa dificuldade está relacionada a fatores micro, como o desconhecimento de investidores sobre os processos de análise de projeto e risco em um banco brasileiro, até a fatores macro, relacionados à conjuntura econômica brasileira e setorial de infraestrutura. Cada banco possui um modelo de análise de crédito e risco particular para decidir se concede ou não um financiamento. Dado o grande volume de recursos que é necessário para se fazer uma obra de infraestrutura, sem o financiamento bancário, além de incentivos do governo, investidores não enxergam viabilidade e retorno suficientes para fazer esse investimento. Como forma de diminuir e diluir o risco entre bancos, investidores e outras contrapartes envolvidas em um projeto de infraestrutura, tende-se a adotar mundialmente a estrutura do Project Finance, que se tornou chave também no Brasil para se obter sucesso de financiamento junto ao BNDES e a bancos comerciais. O papel do BNDES é fundamental na estrutura de financiamento no Brasil, uma vez que este concede empréstimos a juros subsidiados, reduzindo o custo de capital médio ponderado (WACC) dos projetos, fator decisivo para torná-los atrativos à investidores. O Project Finance é importante não só por diluir os riscos entre as partes, mas principalmente por esta estrutura permitir aos bancos preverem e anteciparem diversos riscos que podem ocorrer naquele projeto. Esse maior conhecimento os permite criar mecanismos contratuais específicos para aquele financiamento e os protege desses riscos prováveis. Covenants, obrigações e garantias podem, então, se tornar um dos principais pontos de discussão entre os Sponsors e Lenders processo de estruturação de um financiamento, ponto este que será estudado neste trabalho por meio de dois estudos de caso reais de financiamento a portos marítimos em um banco brasileiro.por
dc.language.isopor
dc.subjectProject financeeng
dc.subjectCovenantseng
dc.subjectFinanciamento bancáriopor
dc.subjectInfraestruturapor
dc.subjectAnálise de créditopor
dc.subjectAnálise de risco bancáriopor
dc.subjectPacote de garantiaspor
dc.subjectPapel do BNDESpor
dc.subjectBancos comerciaispor
dc.subjectFinanciamento à infraestruturapor
dc.titleProject finance no Brasil: um estudo de caso dos processos e mecanismos que tornaram viável o financiamento de dois portos privados em um banco brasileiroeng
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaFinançaspor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EBAPEpor
dc.subject.bibliodataAdministração de projetospor
dc.subject.bibliodataProjetos - Financiamentopor
dc.subject.bibliodataBancospor
dc.subject.bibliodataAnálise de créditopor
dc.subject.bibliodataBancos comerciaispor
dc.contributor.memberZanini, Marco Tulio Fundão
dc.contributor.memberSoihet, Elena


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record