Show simple item record

dc.contributor.advisorAraujo, Juliana Furtado Costa
dc.contributor.authorCasseb, Diego Filipe
dc.contributor.otherMosquera, Roberto Quiroga
dc.contributor.otherHoffman, Susy Gomes
dc.contributor.otherMiranda, Rodrigo Cardozo
dc.date.accessioned2016-04-20T12:55:29Z
dc.date.available2016-04-20T12:55:29Z
dc.date.issued2016-03-30
dc.identifier.citationCASSEB, Diego Filipe. Contribuição previdenciária sobre a receita bruta: análise crítica e estudo de alternativas. Dissertação (Mestrado Profissional em Direito dos Negócios Aplicado e Direito Tributário Aplicado) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2016.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/16414
dc.description.abstractThe present work analyzes the main aspects of the relief of the payroll program. Initially, this work presents the fiscal and extrafiscal effects of taxes. Then it presents the history of the Social Security Contribution on Gross Revenue ('CPRB'). Then, it analyzes the adequacy of the CPRB to the Federal Constitution of 1988 and the conclusion is that the contribution does not have constitutional grounds. Then the CPRB is studied in the light of relevant constitutional, administrative and economic principles. It is concluded that (i) the tax is harmful because it was established cumulatively; (ii) the CPRB was not created efficiently, since there was no increase of labor hiring nor economic development; (iii) the contribution violates the principle of equality, publicity, motivation and impersonality, because it is not applied to all companies and there are no reasons to include only a few economic sectors; and (iv) the rules are complex. Finally, it is suggested the extinction of the CPRB and that the relief of the payroll be made (i) by means of a tax reform such as the one of the constitutional amendment proposal nº 233, or (ii) together with an increase of the rate of other social contributions if necessary to avoid potential loss of revenue.eng
dc.description.abstractNeste trabalho são analisados os principais aspectos da desoneração da folha de salários. São apresentadas considerações sobre os efeitos fiscais e extrafiscais dos tributos. Em seguida, apresentam-se informações sobre o histórico da Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta ('CPRB'). Após, analisa-se a adequação da CPRB à CF/88 e conclui-se que a referida contribuição não possui fundamento de validade na CF/88. Em seguida, a CPRB é estudada à luz de princípios constitucionais, administrativos e econômicos considerados relevantes. Conclui-se que (i) o tributo é nocivo por ser cumulativo; (ii) a CPRB não é eficiente, já que a renúncia de receita não foi compensada pelo aumento do emprego nem gerou o desejado desenvolvimento econômico; (iii) a contribuição viola os princípios da isonomia, publicidade, motivação e impessoalidade, pois o regime não é assegurado a todos e não há razões que levem à inclusão de apenas alguns setores econômicos; e (iv) as regras de apuração do novo tributo são complexas. Por fim, sugere-se extinguir a CPRB e promover a redução da tributação sobre a folha (i) no contexto de uma reforma tributária, como a trazida pela PEC 233, ou (ii) acompanhada da majoração de alíquotas de contribuições não-cumulativas, se necessário para compensar a perda de arrecadação.por
dc.language.isopor
dc.subjectDesoneraçãopor
dc.subjectNão cumulatividadepor
dc.titleContribuição previdenciária sobre a receita bruta: análise crítica e estudo de alternativaspor
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaDireitopor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::DIREITO SPpor
dc.subject.bibliodataContribuição previdenciáriapor
dc.subject.bibliodataReforma tributáriapor
dc.subject.bibliodataIsonomia salarialpor
dc.subject.bibliodataSalários - Brasilpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record