Show simple item record

dc.contributor.advisorTeixeira, Marco Antonio Carvalho
dc.contributor.authorFantin, Adriana Aghinoni
dc.date.accessioned2015-10-26T10:54:49Z
dc.date.available2015-10-26T10:54:49Z
dc.date.issued2015-10-22
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/14160
dc.description.abstractO Presente trabalho busca estudar o atual modelo de governança da água, principalmente na região metropolitana de São Paulo, aonde temos o modelo de governança francês dos Comitês e Agências de Bacia e, a atuação histórica da Sabesp – Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo, em crises hídricas, tendo como foco principal a atual crise de 2013 a 2015.Questiona-se a viabilidade da abertura do capital da prestatora de serviço público e sua possível desnaturação. Acrescenta-se algumas medidas adotadas e, por final, além de uma breve análise da CPI- Comissão Parlamentar de Inquerito, instaurada perante a Câmara dos Deputados de São Paulo, sugere-se algumas possíveis alternativas para amenizar a crise e implementar uma governança mais proxima da realidade localpor
dc.language.isopor
dc.subjectGovernançapor
dc.subjectSABESPpor
dc.subjectCrise hídricapor
dc.titleGovernança da água e a atuação da Sabesp na crise hídrica de São Paulo em 2013 a 2015por
dc.typeTechnical Reporteng
dc.subject.areaAdministração públicapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataAbastecimento de água - São Paulo (SP)por
dc.subject.bibliodataDesenvolvimento sustentávelpor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record