Show simple item record

dc.contributor.advisorRochman, Ricardo Ratner
dc.contributor.authorReis, Diogo Anunciação
dc.contributor.otherSheng, Hsia Hua
dc.contributor.otherNakamura, Wilson Toshiro
dc.date.accessioned2015-02-24T16:11:35Z
dc.date.available2015-02-24T16:11:35Z
dc.date.issued2015-01-26
dc.identifier.citationREIS, Diogo Anunciação. Determinantes do diferencial de preço entre classes de ações: evidências do mercado brasileiro no período de 2002 a 2014. Dissertação (Mestrado Profissional em Finanças e Economia) - FGV - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2015.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/13430
dc.description.abstractEste trabalho tem por objetivo contribuir para a discussão acerca do diferencial relativo de preços entre duas classes de ações - ordinárias nominativas (ON) e preferenciais nominativas (PN) - no Brasil e os seus determinantes no período compreendido entre 2002 e 2014. Considerando-se a disseminada utilização de duas classes de ações (com e sem direito de voto) por empresas listadas na BMFBovespa – permitindo a separação entre controle e propriedade - e a elevada concentração do controle, este trabalho contribui para o entendimento dos potenciais conflitos de interesse entre acionistas majoritários e minoritários. Utilizou-se o método de mínimos quadrados ordinários (MQO) e os procedimentos de efeitos fixos (EF) e aleatórios (EA) para um painel formado por 46 companhias listadas resultando em 1.653 observações. Foram encontradas evidências de que as ações ON (com direito a voto) são negociadas com prêmio em relação às PN (sem direito a voto) e de que o prêmio (pelo voto) apresenta leve tendência de alta durante o período. Por fim, em relação aos determinantes, foram encontradas evidências de que o maior grau de proteção aos acionistas minoritários, o tamanho da empresa e a maior proporção de ativos tangíveis (imobilizados) estão negativamente associados ao prêmio pelo voto.por
dc.description.abstractThis paper aims to contribute to the discussion about dual-class premium (voting and non-voting shares) and its determinants in Brazil from 2002 to 2014. Considering the disseminated issuance of voting and non-voting shares by Brazilian listed firms – allowing the separation of ownership and control – and concentrated ownership, this paper contributes to the understanding of potencial conflicts of interest between majority and minority shareholders. This paper applies the ordinary least square (OLS) method and the procedures of fixed (FE) and random effects (RE) for a panel of 46 listed companies resulting in 1.653 observations. We found evidence that supports a premium of voting shares over non-voting shares (voting Premium). Furthermore, this premium presented a slight upward trend during the period. Finally, regarding the determinants, we found evidence that higher protection levels of minority shareholders rights, firm’s size and higher proportion of tangible assets are negatively associated to voting premium.eng
dc.language.isopor
dc.subjectPrêmio de votopor
dc.subjectBenefícios privados do controlepor
dc.subjectDiferencial de preços entre classes de açõespor
dc.subjectAções com e sem direito de votopor
dc.subjectCorporate financeeng
dc.subjectDual class premiumeng
dc.subjectVoting and non-voting shareseng
dc.subjectVoting premiumeng
dc.subjectPrivate benefits of controleng
dc.titleDeterminantes do diferencial de preço entre classes de ações: evidências do mercado brasileiro no período de 2002 a 2014por
dc.typeDissertationeng
dc.subject.areaEconomiapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EESPpor
dc.subject.bibliodataMercado financeiro - Brasilpor
dc.subject.bibliodataFinançaspor
dc.subject.bibliodataAções (Finanças) - Preçospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record