Show simple item record

dc.contributor.advisorFarah, Marta Ferreira Santos
dc.contributor.authorBeltrão, Ricardo Ernesto Vasquez
dc.date.accessioned2014-09-26T14:14:47Z
dc.date.available2014-09-26T14:14:47Z
dc.date.issued2014-08-22
dc.identifier.citationBELTRÃO, Ricardo Ernesto Vasquez. A evolução do trabalho infantil no Brasil contemporâneo: fatores associados e limites do PETI para o seu enfrentamento. Tese (Doutorado em Administração Pública e Governo) - Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Fundação Getúlio Vargas - FGV, São Paulo, 2014.por
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10438/12056
dc.description.abstractThis work analyze the child labor occurrence in Brazil, the factors associated with its development were investigated and some limits of the Program for Child Labor Eradication (PETI) to face the question nowadays. This work was organized in four chapters. In the first chapter are shown the research problem, its objectives and presuppositions, and the main characteristics of the PETI, and then the theoretical background about the intergovernmental cooperation in ambit of the public politics in Brazil was analyzed. In the second chapter the child labor in the international ambit was discussed, by means of analytical work that compares the association between the activity rates of the population from 10 to 14 years old and a set of variables that express the socioeconomic and demographic factors for one sample of the 25 countries with more than 20 millions habitants. The third chapter was developed in a similar way to the previous, analyzing how the children employment developed in the country since middle of last century, and to what extent the differences among these Brazilian states are associated with its socioeconomic and demographic variables, with emphasis on the labor market structure. The fourth chapter analyzes the differences among the Brazilian cities, and concludes that the PETI cannot be considered among the main factors that explain the variations in rates activity of the child population in the last decade, pointing out some of the Program limits related to the promotion of intergovernmental cooperation necessary for the country keep on advancing in an effective way to confronting this theme. The work also includes an overview of the Brazilian academic literature about child labor, one set of studies focused on the analysis of the State actions to face this question were highlighted (Appendix A).eng
dc.description.abstractO estudo analisa a ocorrência do trabalho infantil no Brasil, investigando os fatores associados à sua evolução e alguns dos limites do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) para o enfrentamento da questão na atualidade. O trabalho está organizado em quatro capítulos, além daquele que o encerra com um breve comentário conclusivo. No primeiro são apresentados o problema de pesquisa, seus objetivos e pressupostos, e as principais características do PETI, para em seguida ser analisado o referencial teórico sobre a cooperação intergovernamental no âmbito das políticas sociais no Brasil. No segundo capítulo é discutida a ocorrência do trabalho infantil em âmbito internacional, por meio de esforço analítico que compara a associação entre as taxas de atividade da população de 10 a 14 anos e um conjunto de variáveis que expressam fatores de ordem socioeconômica e demográfica para uma amostra de 25 países com mais de 20 milhões de habitantes. O terceiro capítulo é desenvolvido em termos similares ao anterior, analisando como evoluiu a ocupação de crianças no país desde meados do século passado, e em que medida as diferenças entre os Estados brasileiros a respeito estão associadas a variáveis socioeconômicas e demográficas, com ênfase na estrutura do mercado de trabalho. O quarto capítulo analisa as diferenças entre os municípios brasileiros a respeito, e conclui que o PETI não pode ser considerado entre os principais fatores que explicam as variações nas taxas de atividade da população infantil na década passada, apontando alguns dos limites do Programa relacionados à promoção da cooperação intergovernamental necessária para que o país continue avançando de forma mais efetiva no enfrentamento da questão. O trabalho inclui também um balanço sobre a produção acadêmica brasileira a respeito do trabalho infantil, destacando o conjunto de estudos voltados à análise das ações do Estado frente à questão (Apêndice A).por
dc.language.isopor
dc.subjectChild labor (associated factors)eng
dc.subjectRegional inequalitieseng
dc.subjectIntergovernmental cooperationeng
dc.subjectBrazileng
dc.subjectTrabalho infantil (fatores associados)por
dc.subjectDesigualdades regionaispor
dc.subjectPrograma de Erradicação do Trabalho Infantil – PETIpor
dc.titleA evolução do trabalho infantil no Brasil contemporâneo: fatores associados e limites do PETI para o seu enfrentamentopor
dc.typeThesiseng
dc.subject.areaAdministração públicapor
dc.contributor.unidadefgvEscolas::EAESPpor
dc.subject.bibliodataMenores - Emprego - Brasilpor
dc.subject.bibliodataDisparidades regionaispor
dc.subject.bibliodataPrograma de Erradicação do Trabalho Infantil (Brasil)por
dc.subject.bibliodataPrograma de Erradicação do Trabalho Infantil (Brasil)por
dc.subject.bibliodataCooperação intergovernamentalpor
dc.contributor.memberCosta, Bruno Lazzarotti Diniz
dc.contributor.memberJacobi, Pedro Roberto
dc.contributor.memberFonseca, Francisco César Pinto da
dc.contributor.memberTeixeira, Marco Antonio Carvalho


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record